Comentarios del lector/a

Insonia - Como Tratar, Medicamentos, Estudo

"Pro Ser Saúde" (2017-09-26)

 |  Publicar respuesta

A administradora de imóveis Tereza Ignez, de 55, anos, é uma dessas pacientes que só dormem à base de remédios ou bebida alcoólica. Vivendo num apartamento de frente para a Avenida Nossa Senhora de Copacabana, uma das mais barulhentas do bairro, ela diz que consegue dormir, em média, três horas por noite. “Na maioria das vezes só durmo quando tomo remédio ou bebo taças de vinho. Se eu não dormir direito acordo indisposta, não consigo ir à academia, fico um caco. Passo por isso há quase 30 anos, desde que meu filho nasceu”, queixa-se ela.

Para pesquisar problemas assim, a UFRJ criou o LabSono, o primeiro laboratório de polissonografia da rede pública no Estado do Rio, onde o paciente passa a noite para ser examinado. O laboratório surgiu do Programa de Hipertensão Arterial, desenvolvido pelo próprio hospital da universidade.

Baseado numa pesquisa do Instituto do Sono, Zancanella diz que 32,9% dos brasileiros com idade produtiva sofrem de apneia do sono (param de respirar enquanto dormem). “Essa também é uma das causas que interrompem um bom sono”, afirma o médico, lembrando que 30% das mulheres pós-menopausa e 5% de crianças têm tendência a ter este problema.

Acontece de dormir mal em várias ocasiões: por mudança de casa, de cama, por ansiedade em ocasião de uma prova ou trabalho novo, por conta de acontecimentos tristes que ocorrem de vez em quando, etc. Mas quando é que a chamada insônia é preocupante a ponto de termos de procurar um médico?

insonia causas da insonia causas de insonia cha para insonia como acabar com a insonia como combater a insonia como curar a insonia como curar insonia como tratar a insonia como tratar insonia como vencer a insonia como vencer a insônia insonia causas insonia como tratar insonia tem cura insonia tratamento medicamentos para insonia o que é insônia remedio para insonia sono tratamento de insônia tratamento insônia tratamento para insônia

Diz-se insônia quando o sono é ruim, ou seja, disturbado em sua duração ou qualidade pois dormir bem não é somente dormir tantas horas. Somente um sono bom permite um despertar restaurador, fundamental para a boa saúde.



Quando a insônia é preocupante?
Existem vários tipos de insônia, divididos principalmente em:

* insônia inicial (é a dificuldade em se adormentar);
* insônia central (é o acordar frequentemente durante a noite sem que exista uma causa fisiológica para tal);
* insônia retardada (quando se acorda demasiadamente cedo)

Cada tipo de insônia se divide em:
* insônia transitória (quando dura um ou poucos dias)
* insônia breve (quando dura poucas semanas)
* insônia prolongada (quando se manifesta por mais de um mês e aí é hora de procurar um médico para descobrir sua causa).

O sono é necessário para para restaurar as atividades mentais mas também físicas e psíquicas da pessoa. Uma insônia passageira, ainda que dure uns dias, pode ser normal se houver alguma causa mais ou menos evidente e principalmente se não comprometer sua vida pessoal, sua eficiência no trabalho, seu humor etc. Mas quando o problema se estende para além do que seria aceitável, sempre dadas as circunstâncias pessoais, é necessário buscar a origem e individualizar a causa da insônia.

Dificuldades de se adaptar a novas situações, estresse, momentos de especial agitação, problemas financeiros e até mesmo uma nova paixão, são motivos que podem desencadear a insônia sem que isso signifique um mal em si. Por outro lado, existem situações fisiológicas que também podem causar insônia, desde doenças cardiovasculares, respiratórias, reumáticas, neurológicas à síndrome da bexiga hiperativa, por exemplo.



Añadir comentario